Cusco é um símbolo do poder humano, o mundo intermediário entre o cosmos e a Pachamama. Suas paredes de pedra e ruas misteriosas fazem lembrar que foi a antiga capital do Império Inca. Conta com vários atrativos: monumentos, casas, conventos, museus que guardam arte e riqueza histórica. Os incas reverenciavam como “el ombligo del universo”, e surgiram, daí, as estradas que unem seu vasto império. Descubra a cidade mágica através dos suntuosos palácios e praças que parecem intactos apesar dos anos. A partir daqui, as maravilhas naturais e culturais de Machu Picchu e do Vale Sagrado tornam-se acessíveis.

Dia 1.- Lima

Chegada a Lima, traslado ao hotel

Dia 2.- Lima – City Tour

Visita à cidade para apreciar seus mais imponentes edifícios como a Plaza Mayor ou Casa de Pizarro, onde encontra-seo Palácio do Governo, o Cabildo, a Catedral, o Palácio Arzobispal, o Convento de San Francisco, jóias da arquitetura do século XVI.
Na parte moderna da cidade, está o exclusivo distrito de San Isidro, o novo coração financeiro da cidade, onde se pode apreciar Huallamarca. Em Miraflores, encontra-se o Parque do Amor, ponto com excelente vistado Oceano Pacífico.

Dia 3.- Porto Maldonado – Tambopata ( Bx – D)

Chegada a Porto Maldonado desfrute do seu primeiro contato com a selva em nossos jardins, junto com guias biólogos, profissionais de turismo ou membros da comunidade. Contornando o Puerto Maldonado, um trajeto de 20 quilômetros até o porto fluvial Tambopata, entrando na Comunidade Nativa de Inferno. Logo após, passeio de barco do Porto de Tambopata ao Refúgio Amazonas, passando à frente da Comunidade Nativa do Inferno e posto de controle da Reserva Nacional Tambopata, que conta com 1,3 milhões de hectares de conservação.

Dia 4.- Oxbow Ciudad del Lago – Torre de Canopy (D – A – C)

Inicia-se com um passeio de canoa ou catamarã ao redor do lago com suas espécies nativas, como o shansho, o camungo e o caiman. Ainda é possível ver lobos de rio e observar araras e papagaios sobrevoando o lago.
Uma caminhada de meia hora do Refugio Amazonas nos levará a Torre de Dosel, de 25 metros de altura. Uma escada com varanda proporciona um acesso seguro às plataformas de cima. A torre foi construída sobre solo alto, incrementando assim a visibilidade sobre o horizonte de bosque primário estendendo até o interior da Reserva Nacional Tambopata. Aqui observar-se espécies distintas de aves como tucanos, araras e aves raras de rapina.
Rio abaixo há uma chácara onde há uma vasta flora nativa desconhecida - plantas e árvores que são usados pela população local com diferentes propósitos. Nela, há exposição sobre o uso medicinal dessas plantas.

Dia 5.- Habitat de Papagaios, Periquitos e Fauna local (D – A – C)

Próximo ao Refugio Amazonas as diferentes espécies de papagaios descendo em diariamente para ingerir uma argila especial, a collpa. Logo após, chega-se a bosque de velhas castanheiras, com as ruínas de um antigo acampamento usado pelos castanheiros da região, onde demostra-se o processo completo do produto, desde a colheita, o transporte até o processamento.
Entre as espécies exóticas do Refugio Amazonas há os ‘pecaríes’ (um tipo de queixada), porcos selvagens conhecido no local como sajinos y huanganas. Estas e outras espécies nativas da selva tropical como veados, periquitos e aracuãs, podem ser vistos, principalmente, pela manhã quando saem para comer o misterioso barro. A noite, os variados sons das rãs locais, com sua forma e som tão extravagantes quanto as histórias naturais do local.

Dia 6.- Tambopata - Puerto Maldonado – Lima – Rio do Janeiro (D)

Retorno a Puerto Maldonado. Vôo de volta a Lima para conexão Rio do Janeiro.