Buenos Aires é a capital da Argentina. Uma cidade encantadora que foi fortemente influenciada pelas mais importantes cidades europeias, com lindas avenidas e parques, edifícios monumentais, cafés, museus e igrejas reunidos em 26 distritos, no qual cada um mostra uma personalidade própria. O bairro Norte, aristocrático, se assemelha às zonas mais elegantes de Paris, a Avenida de Mayo e seus inúmeros cafés que revivem o sabor da enorme Vía de Madrid e suas sombrias ruas de Belgrano recordam o encanto dos subúrbios da distinguida Londres. Nápoles parece estar presente no barulhento e colorido bairro da Boca.  Aliása Argentina te oferece inúmeros lugares turísticos como Bariloche e a impressionante Terra do Fogo.

Dia 1.- Buenos Aires – City Tour

Na sua chegada a Buenos Aires, na parte da tarde, começaremos o city tour visitando a Plaza de Mayo, a Casa del Gobierno, a Catedral, a Plaza del Colón, bairro da Boca, Plaza San Martín, Avenida Santa Fé, o cemitério da Recoleta, Plaza Grand Bourg, o distrito Palermo Chico, Polo Grounds, hipódromo, Parque Palermo, Jardín de las Rosas, Avenida del Libertador, Palaciodel Congresos, Avenida 9 de Julio,e o famoso Teatro Colón.
À noite poderá disfrutar da culinária local e show de tango. O tango é a músicatípica de Buenos Aires. Este passeio te permitirá disfrutar de uma típica noite “porteña”.

Dia 2.- Buenos Aires - Festa Gaucha

Ao sair da cidade, você começa a disfrutar da famosa pampa, a terra dos gauchos, a caminho a uma tradicional “Estancia” (rancho). Desde luxuosas mansões coloniais aos ranchos, propriedade das famílias argentinas mais tradicionais, abrem suas casas aos visitantes. Em algumas das “estancias” é possível oferecer uma “Festa Gaucha”, que é um tradicional churrasco argentino, um espetáculo realizado pelo povo, com música, danças típicas, passeios em carruagens, equitação e demonstração de suas habilidades.
O gaucho era o habitante original da Argentina. Sua vida esteve intimamente relacionada com as tradições do país: A alimentação das vacas,o cuidado com os cavalos e reprodução das suas canções melancólicas com sua guitarra esua “Mate” (uma espécie de chá de uma erva local,chamada erva Mate, em um recipiente feito de abóbora).

Dia 3.- Buenos Aires – Iguaçu 

Ao chegar ao aeroporto de Cataratas, recepção e traslado ao hotel por uma linda rota, cruzando a ponte sobre o Rio Iguaçu, até o Brasil. Ao longo do rio, chegamos às cataratas, onde temos uma vista panorâmica e deslumbrante onde a incomparável beleza das Cataratas doIguaçú encantam os olhares. A seguir, através de um percurso de 1.200 metros, uma vista completa, com uma vasta visão do rio até a Garganta do Diabo, a maior queda d`agua doIguaçú. O caminho termina em um miranteà direita da Queda D´Água Floriano. Hospedagem em Foz do Iguaçú.

Dia 4.- Visitas às Cataratas

A Garganta del Diablo é uma queda de quase 80 metros e oferece uma experiência impressionante. Os visitantes podem caminhar por trilhas ou de trem. Existem dois circuitos básicos: uma trajetória superior e uma inferior. No inferior leva até a base das cataratas, onde o vapor d´água umedece levemente os visitantes em mais uma experiência única. O caminho superior tem vistas panorâmicas desde a passarela, em uma experiência inesquecível. Hospedagem em Iguaçú.

Dia 5.- Iguaçu – Aeroporto

Retorno ao aeroporto